Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2017

4.820

Atualizado em 9/12/2017  

PF faz "Operação Marco Zero" e desarticula quadrilha que aplicou golpe contra a Caixa Econômica no Ceará

bRASÃO DA pf

Policiais cumpriram mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal em Sobral

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (15), mais uma operação de combate a fraudes e contra o sistema financeiro. O “alvo” desta vez são duas cidades da Zona Norte do estado, Sobral e Marco. Os agentes e delegados cumprem seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 18ª Vara da Justiça Federal sediada em Sobral. As fraudes contra a Caixa Econômica Federal chegam a cerca de R$ 3 milhões através da concessão de empréstimos fraudulentos.

Veja a lista completa das pessoas e empresas cearenses investigadas por um rombo de R$ 380 milhões em prefeituras

PF em ação 2

Durante a operação, a PF apreendeu documentos que podem comprometer as empresas investigadas

“Vazou” para a Imprensa os nomes de pessoas e das empresas investigadas pela Polícia Federal (PF)   e Controladoria Geral da União (CGU) na “Operação Fraternidade”, que apura o desvio de verbas públicas em contratos e licitações entre empresas e prefeituras de 171 municípios cearenses. O rombo nos cofres públicos chega a R$ 380 milhões, segundo a Justiça Federal.

PF deflagra operação para prender empresários cearenses envolvidos em fraude de R$ 380 milhões em licitações

PF  hoje 13.9

Agentes da PF do Ceará e Piauí estão mobilizados na operação desencadeada nesta quarta-feira

A Polícia Federal conjuntamente com a Controladoria Geral da União deflagraram nesta quarta-feira (13), em Fortakeza, a "Operação Fraternidade", para dar cumprimento a 45 mandados judiciais Expedidos pela 11ª Vara Federal de Fortaleza/CE, sendo nove prisões temporárias, 24 buscas e apreensões, 12 de conduções coercitivas, além de sete mandados de intimação emitidos pela Autoridade Policial, totalizando 52 mandados.

Homem é preso após manter os pais trancados em casa por quatro dias e sacar o dinheiro da aposentadoria

Tamboril 2

O filho que manteve os paiis em cárcere privado foi detido com uma comerciante e os dois autuados

Um casal foi preso em flagrante pela Polícia Militar, nesta terça-feira (27), na cidade de Tamboril (a 282Km de Fortaleza), acusado da prática de crimes contra um casal de idosos. O filho é o principal suspeito de mantido as vítimas em cárcere privado por quatro dias sem, ao menos, dar-lhes comida e água. O homem se apoderou dos cartões bancários dos pais e passou a fazer saques bancários, furtando o dinheiro da aposentadoria dos anciãos.

Suspeitas do pagamento de propina em decisões judiciais provocam afastamento de juízes de Varas Cíveis

Processos 1

Varas Cíveis investigadas são a 4ª e 5ª. Seus juízes foram afastados e os gabinetes devassados pela PF

Apesar do segredo de justiça decretado nas investigações da “Operação Expresso 150”,  vazaram, nesta terça-feira (13) informações importantes sobre as investigações que estão sendo realizadas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), com o apoio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Polícia Federal (PF) acerca do suposto envolvimento de dois juízes de Direito no escândalo da venda de decisões e liminares no âmbito do Judiciário cearense. As investigações tiveram início em 2015 e já culminaram com o afastamento de, ao menos, quatro desembargadores.

Ex-governador Cid Gomes é denunciado por fraude milionária em financiamento no BNB

Cid Gomes hoje

Cid Gomese um sócio receberam R$ 1,3 milhão do BNB para construir um galpão em Sobral

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) denunciou o ex-governador do Estado, Cid Ferreira Gomes, em processo judicial por prática de Crime Contra o Sistema Financeiro Nacional, além de concurso de pessoas.  Cid é acusado de obter fraudulentamente junto ao Banco do Nordeste do Brasil um financiamento no valor de R$ 1,3 milhão para a construção de um galpão para locações em sua terra natal, a cidade de Sobral (a 224Km de Fortaleza). A pena máxima somada dos dois crimes pode ultrapassar 12 anos de prisão.

PF desarticula quadrilha que levava vida luxuosa com dinheiro roubado de contas bancárias

PF hoje 15

A PF cumpriu uma série de mandados judiciais nas casas dos investigados 

Treze pessoas foram presas pela Polícia Federal, nesta terça-feira (11), em Fortaleza. Durante uma ação determinada pela Justiça, a PF cumpriu sete mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, realizou  oito conduções coercitivas e cumpriu, ainda, 25 ordens de busca e apreensão. Trata-se de uma quadrilha de golpistas responsáveis por uma fraude de R$ 7,5 milhões em contas de clientes de duas instituições bancárias. Os criminosos levavam uma vida de luxo e ostentação.

Delegado e policial civil são investigados pelo MP suspeitos de corrupção e de forjar provas

Jéferson Custódio

Delegado Jéferson Custódio: investigado

Um delegado da Polícia Civil, além de um inspetor e uma funcionária terceirizada, foram detidos na manhã desta quarta-feira (5), na cidade de Senador Pompeu, no Sertão Central (a 273Km de Fortaleza) e conduzidos à sede da Controladoria Geral de Disciplina (CGD), em Fortaleza, para serem ouvidos em depoimento. Os três são investigados pelo Ministério Público Estadual (MPE) como suspeitos de crimes de extorsão ou corrupção, através da  cobrança de dinheiro para realizarem serviços obrigatórios da própria Polícia Judiciária à sociedade.

Megaoperação prende quadrilha com contrabando de R$ 1 milhão no litoral Leste do Ceará

Beberibe 11 - mercadoria no barco menor

A mercadoria apreendida foi transportada em marcos menores até a área de desembarque

Beberibe 7 - barco

O barco que trazia a mercadoria ilegal foi localizado com o apoio de um helicóptero da Ciopaer

VEJA O VÍDEO DA OPERAÇÃO POLICIAL

Uma megaoperação policial que mobilizou a Marinha, Polícia Militar e a Polícia Federal desarticulou um esquema internacional de contrabando no litoral Leste do Ceará. Um grupo de pessoas, entre eles, um inspetor da Polícia Civil do Ceará, foi detido durante a ação. Cerca de R$ 1 milhão em produtos contrabandeados foi apreendido.

PRF descobre fraude na "Operação Carro Pipa". Golpistas usavam GPS para desviar rota e não entregar água nas cidades que aguardavam o abastecimento

PRF Pipa

Dois suspeitos foram detidos pela PRF, na madrugada desta sexta-feira, em Pedra Branca

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) descobriu na madrugada desta sexta-feira (17) um esquema de fraude praticada contra a "Operação Carro Pipa" no Sertão Central cearense. Durante fiscalização no quilômetro 155 da BR-020, no distrito de Cruzeta, em Pedra Branca, os agentes da PRF abordaram um veículo Polo Sedan com placas de Boa Viagem, ocupado pois dois homens, um de 29 e outro de 50 anos.

Delegacia de Defraudações fecha fábrica e lojas que vendiam fardas e outros artigos da Polícia livremente em Fortaleza, de forma ilegal

Artigos militares 100

Artigos de fardamento das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal eram vendidos livremente

Uma operação deflagrada nesta quinta-feira (9) por policiais da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), sob o comando do delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, fechou uma fábrica e três lojas em Fortaleza, que produziam e comercializavam artigos militares de uso restrito. Fardamentos e acessórios da PM eram vendidos livremente nos locais onde os inspetores fizeram a apreensão de vasta quantidade de produtos.

Operação Lava Jato desembarca no Ceará e PF faz buscas no escritório da EIT em Jaguaruana

Jaguaruana 2

Equipes da PF chegaram no Município de Jaguaruana no começo da manhã desta quinta-feira

Agentes da Superintendência da Polícia Federal no Ceará estão, neste momento, realizando uma devassa na sede da construtora EIT, no escritório sediado na cidade de Jaguaruana, no Vale do Jaguaribe (a 183Km de Fortaleza). Os “federais” cumprem  ordem judicial de busca e apreensão na Operação Lava Jato, que investiga o desvio de R$ 2,5 milhões de dinheiro da Petrobras para o pagamento de propina a políticos.

Empresários filhos do prefeito afastado de Juazeiro são denunciados por fraude de R$ 29,5 milhões para construir shopping

Macedo e os filhos

Os dois filhos do prefeito afastado de Juazeiro, Raimundo Macedo, são acusados de crimes federais

Uma fraude que chega a R$ 29,5 milhões de reais nos cofres públicos foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) no Ceará e envolve cinco pessoas, entre elas, os donos de um shopping center construído na cidade de Juazeiro do Norte, na região do Cariri (Sul do Estado), além de um funcionário do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Três cearenses de Novo Oriente são presos no Maranhão aplicando o golpe de clonar cartões em bancos

 

Babaca 2Babaca 3 Babaca1  

Os acusados foram detidos em flagrante pela Polícia maranhense em São João dos Patos

Três jovens cearenses foram presos, ontem (3) no Maranhão quando aplicavam golpes bancários através de violação de caixas eletrônicos e clonagem de cartões dos clientes. Eles são conhecidos como “cartãozeiros” e naturais do Município de Novo Oriente (a 388Km de Fortaleza). A captura dos estelionatários aconteceu durante uma operação de Inteligência que mobilizou a Polícia Civil e  a PM maranhenses no Interior daquele Estado.

PF e Receita tentam identificar "laranjas" de empresários e artistas de bandas de forró cearenses envolvidos em sonegação milionária

PF em buscas

Na terça-feira (18), federais fizeram buscas em várias empresas de bandas de forró em Fortaleza

Passada a primeira fase da “Operação For All”, com o cumprimento de 44 mandados de busca e apreensão e 32 de condução coercitiva, a Polícia e a Receita Federal trabalham juntas para entregar à Justiça Federal a lista completa dos “laranjas” usados pelas empresas de entretenimento e bandas de forró para a prática de crimes como “lavagem” de dinheiro, enriquecimento ilícito e sonegação fiscal.

Empresas e bandas de forró podem ter montado organização criminosa para sonegação de impostos, "lavagem" de dinheiro e enriquecimento ilícito. Bens foram bloqueados

Xande e Solange

Xande e Solange Almeida  foram conduzidos coercitivamente para a sede da PF na manhã de hoje

A Justiça Federal bloqueou os bens e Polícia Federal apreendeu cerca de R$ 600 mil em espécie  de artistas e empresários de bandas de forró cearense. A megaoperação realizada na manhã desta terça-feira (18) mobilizou cerca de 295 agentes públicos, entre policiais federais, fiscais e auditores, além de peritos e delegados. O “rombo” aplicado aos cofres da União por 26 empresas e quatro bandas pode chegar a R$ 500 milhões.