Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

1.898 em 28/05/2020

Polícia caça bandido que comanda tráfico e ordena mortes e sequestros na Barra do Ceará

Gago da Barra

Gago da Barra: processado por vários crimes, continua solto

segunda 14.12.2015 052

Dinheiro e drogas foram encontrados pela PM no Gueto da Barra, domingo

A Polícia está  à procura de um bandido acusado de comandar o tráfico de drogas em uma comunidade da zona Oeste de Fortaleza e, ainda, determinar o seqüestro de um casal para torturá-lo e, supostamente, executá-lo.

O homem caçado pela Polícia foi identificado como José Flávio Rodrigues Pereira, conhecido como “Gago da Barra”. Ele seria um dos principais aliados de outro bandido que está preso, mas que ainda estaria chefiando o tráfico naquela parte da cidade. Trata-se de Márcio Gledson  Dias da Silva, o “Márcio do Gueto”.

Na tarde do último domingo (13), levados por uma denúncia anônima, policiais militares invadiram a favela do Gueto, na Barra do Ceará, e ali resgataram um casal que havia sido seqüestrado dias antes, sob suspeita de dar sumiço a armas de fogo da quadrilha atualmente chefiada por “Gago”.

Mas, além de resgatar  os reféns, policiais militares acabaram localizando na favela uma grande quantidade de drogas e dinheiro. Tudo estava enterrado nos fundos de um barraco naquela comunidade situada em um terreno invadido, no cruzamento das avenidas Francisco Sá e Senador Robert Kennedy.

Em junho do ano passado, “Gago” foi preso pela Polícia Militar depois de ser apanhado em situação  suspeita, trafegando em alta velocidade em uma motocicleta no Conjunto Jaciara. Ao ser abordado por uma patrulha da PM, desacatou os militares, sendo autuado em flagrante no plantão do 7º DP (Pirambu).

Mas, o que chamou a atenção das autoridades,  na época, foi o fato de um indivíduo considerado de altíssima periculosidade e com uma extensa ficha de crimes graves, permanecer em total liberdade em Fortaleza, com autorização da Justiça.

Acusado de um 'rosário' de assassinatos, 'Gago da Barra' representa um autêntico exemplo da impunidade no Ceará. Tido como extremamente violento, ele teria executado pessoalmente várias pessoas na comunidade das Goiabeiras, na Barra do Ceará, a mando de “'Márcio do Gueto”, atualmente na cadeia. 

Churrasco

Ainda no ano passado, “Gago” foi solto pela Justiça e, para comemorar sua liberdade, comandou uma festa, regada a uísque, churrasco e muitos tiros para o alto. A Polícia foi, então, chamada para acabar com a zorra e o bandido fugiu. Um dos seus comparsas, conhecido por  “Playboy”, acabou preso com uma pistola e carregadores.

Depois de ganhar a liberdade, “Gago” ainda protagonizou um tiroteio na Avenida Engenheiro Santana Júnior, quando retornava de uma audiência no Fórum Clóvis Bevilaqua. Na troca de tiros com bandidos de outra facção, foi baleado, levado para um hospital e de lá resgatado pelos comparsas. Depois disso, passou a ser  visto diversas vezes na Barra do Ceará, inclusive em veículos  importadas. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar