Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

1.979 em 4/06/2020

Em cinco meses, 220 adolescentes foram assassinados no Ceará

Os números impressionam. Em apenas cinco meses, 220 adolescentes (idades entre 12 e 18 anos incompletos) foram assassinados no Estado do Ceará, em 2014, uma média de 44 casos por mês. O levantamento foi feito na manhã desta quarta-feira (4) pelo blogodofernandoribeiro com base nos dados estatísticos da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na planilha que trata dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI). O mês que apresentou o maior índice de mortes de menores de idade foi março, com 56 casos, seguido de janeiro com 48 registros e abril, com 40. 

Dos 220 assassinatos de adolescentes no Estado nos cinco primeiros meses deste ano, a maioria absoluta aconteceu em Fortaleza. Foram 113 casos nas seis Áreas Integradas de Segurança (AIS,  de 1 a 6), o que representa 51,3 por cento do total.

Já nos municípios que compõem a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde estão fixadas três AIS (7,8 e 9), foram 48 assassinatos, perfazendo cerca de 21,8 por cento do total. No Interior do Estado onde estão localizadas as AIS de 10 a 18), ocorreram outros 59 crimes vitimando adolescentes, ou seja, 26,8 por cento dos crimes. 

Outro dado revelador na pesquisa diz respeito à idade das vítimas dos CVLIs. Dos 220 adolescentes assassinados, 91 deles (41,3 dos casos) tinham 17 anos. Outros 66, tinham 16 anos de vida (30 por cento) e 38 haviam completado apenas 15 anos (17,2 por cento). Outros 15 adolescentes com 14 anos foram mortos (6,8 por cento do total). Seis tinham 13 anos (2,7 por cento) e quatro, 12 anos de vida (1,8 por cento).

E outro dado importante da pesquisa apontou que a quase totalidade dos crimes de morte foi praticada com o uso de armas de fogo. Dos 220 adolescentes assassinados, 192 deles acabaram alvejados por tiros de diferentes calibres e armas como revólveres e pistolas. Mas teve casos também de crimes praticados com armas brancas ou outros meios como estrangulamento após violência sexual (estupro de vulnerável) e até linchamento.

Na semana passada, um desses fatos chocou a população da cidade de Horizonte, na RMF. Três jovens foram seviciadas e mortas a facadas. Entre as vítimas estava uma adolescente de 17 anos, Cristieli Costa de Sousa. O corpo dela e das outras duas vítimas foram encontrados na última sexta-feira (30). No dia seguinte, sábado (31), outra adolescente foi vitimada. Tratava-se de Luana de Sousa Costa, que tinha apenas 15 anos, assassinada, a tiros, no bairro Boa Vista (Castelão), em Fortaleza.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar