Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Guardas municipais resgatam motorista que estava sendo sequestrado por criminosos no bairro Canindezinho

anindezinho

Guardas municipais da Torre do PMPU do Canindezinho resgataram o motorista na madrugada de hoje. O guiador era mantido como refém no porta-malasdo seu próprio carro

Um motorista de carro de aplicativo foi salvo da morte pela ação rápida da Guarda Municipal de Fortaleza. Ele havia sido seqüestrado e assaltado por criminosos e colocado no porta-malas de seu automóvel. Porém, quando o carro trafegava em atitude suspeita pelas ruas do bairro Canindezinho, foi perseguido e interceptado por uma patrulha da GMF da Torre de Vigilância do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU) instalada no bairro.

Guarda Municipal de Fortaleza garantiu o reforço na segurança da cidade durante a greve na PM

GMF881

Cerca de 40 equipes da Guarda Municipal aturam por dia nas ruas durante a greve na PM 

Guarda Municipal 2

A GMF demonstrou alto padrão nas técnicas de prevenção e combate ao crime 

Oitenta procedimentos policiais foram realizados pela Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) durante o período que durou a greve de policiais militares na Capital. As equipes da Guarda reforçaram a segurança em cruzamentos e terminais da cidade, recuperaram 73 veículos roubados , apreenderam 12 armas de fogo e somente no período de Carnaval efetuaram mais de 40 prisões em flagrante por tráfico de drogas, assaltos e roubo de veículos.

Com a greve na PM, Ceará registrou o mês de fevereiro mais violento dos últimos oito anos

Greve 7

Dezenas de viaturas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) foram "tomadas" pelos PMs grevistas, o que deixou as ruas da Capital sem nenhum tipo de segurança para a população

Greve 008

Sem Polícia nas ruas, os assassinatos entre membros de facções criminosas se intensificaram na cidade, causando um "banho de sangue" durante os cinco dias do carnaval 2020

O mês de fevereiro de 2020 foi o mais violento nos últimos oito anos no Ceará em relação aos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs). A quantidade de pessoas mortas no estado, neste ano, entre os dias 1º e 26, é a mesma de todo o mês de fevereiro de 2014: 386. Esse número, porém, ainda é parcial e faltam serem incluídos na estatística oficial os assassinatos ocorridos nos dias 27, 28 e 29.

Violência armada deixa 45 pessoas mortas no Ceará em assassinatos no fim de semana

Pacajus

Um homem foi morto a tiros, em Pacajus, na noite do domingo, quando jantava em um restaurante

VEJA FOTOS DE MAIS VÍTIMAS DOS HOMICÍDIOS NO FIM DE SEMANA 

Agente morto 5 Guaramiranga Morto em Limoeiro - Gildene

Fortaleza (Papicu)                         Guaramiranga                                 Limoeiro do Norte

Cabo Heitor 2 Socio educador morto 22 Morto em Pacajus

Pavuna (Pacatuba)                        Fortaleza (Maraponga)                Pacajus 

Juazeiro do Norte - morte Santa Quitéria Dias Macedo - morte

Juazeiro do Norte                              Santa Quitéria                          Fortaleza (Dias Macedo)

A violência armada deixou 45 pessoas mortas no fim de semana em todo o estado do Ceará. Entre a manhã da última sexta-feira (28) até o fim da noite deste domingo (1º), foram registrados 28 homicídios e latrocínios na Grande Fortaleza e mais 17 casos no interior. Entre as vítimas dos crimes estão três agentes servidores da Segurança Pública estadual.

Três agentes da Segurança Pública são mortos em um fim de semana sangrento na Grande Fortaleza

Cabo Heitor Socio educador morto 22 agente morto 2

Cabo PM Heitor Amorim          Agente socioeducativo John Lennon  Policial penal Paulo Victor

Em pouco mais de 24 horas, três agentes da Segurança Pública foram mortos na Grande Fortaleza por conta da violência que explodiu no Ceará durante a greve de policiais e bombeiros militares. Na noite do domingo, um policial penal (agente penitenciário) foi seqüestrado por bandidos após se perder em uma favela na zona Leste da Capital. Logo depois, bandidos jogaram o corpo dele na frente de um shopping center e a poucos metros de um quartel da Polícia Militar.

Bandidos praticam "arrastões" em hospital e escola infantil na Região Metropolitana de Fortaleza

Hospital em Maracanaú

Policiais foram ao hospital em Maracanaú, mas os bandidos já haviam fugido

Uma escola de ensino infantil e um hospital foram “alvos” de arrastões ocorridos nas últimas 24 horas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), como conseqüência da falta de policiamento nas ruas causada pela greve na PM. Estabelecimentos comercias como postos de combustíveis, lojas de alimentação e mercadinhos também foram atacados por criminosos armados, deixando várias pessoas reféns.

Violência causada pela greve de PMs já deixou 351 mortos no Ceará neste mês de fevereiro

Veja imagens da matança na Grande Fortaleza (CENAS FORTES) 

José Walter Carlito Pamplona morto

Conjunto José Walter                                               Bairro Carlito Pamplona 

Outro morto 4 Outro morto 2

Messejana                                                                  Genibaú

Caucaia morto 1 Pacajus morto

Caucaia                                                                         Pacajus 

Pacajus Pirambu

Pacajus                                                                     Pirambu 

Novinha Maranguape 2 Outro morto

Maranguape                                                             Serrinha 

Maranguape 500 Jaçanau

Maranguape                                                               Maracanaú

Subiu para 42 o número de pessoas mortas no Ceará nas últimas 48 horas, no intervalo entre o começo da madrugada de Quarta-Feira de Cinzas (27) até o início da madrugada desta sexta-feira (28). No acumulado desde mês, com a greve dos policiais militares, o estado já registra 351 assassinatos. No ano, o número de homicídios, latrocínios, feminicídios e lesões corporais seguidas de morte atinge a marca recorde de 614 mortos.

PMs em greve rejeitam contraproposta do governo do Ceará e a Justiça decreta a preventiva de 43 desertores

Grevistas 1

PMs disseram "não" à contraproposta oferecida pelo governo diante de suas reivindicações 

Policiais militares em greve há 11 dias no Ceará rejeitaram, em assembléia realizada na noite desta quinta-feira (27), a contra proposta que o governo fez para por fim à paralisação. A decisão aconteceu no mesmo momento em que a Justiça decretava a prisão preventiva de 43 PMs por crime de deserção. O entrave entre as partes continua.

Assassinatos "explodem" no Ceará com a greve na PM e governo decide não mais divulgar os índices diários

Morte 500

Corpos são recolhidos pela Perícia Forense nas ruas da Grande Fortaleza a todo momento 

Enquanto o governo local aguarda uma definição do governo federal sobre o pedido de prorrogação do decreto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que permite a presença das Forças Armadas no estado, a violência armada continua a causar mortos. Ao menos, 21 pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas. Diante do alto índice criminal, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) decidiu, ontem (26), suspender a divulgação para a Imprensa os números de assassinatos no estado durante a greve de PMs.

Guarda Municipal de Fortaleza efetua 41 prisões e apreende armas e drogas na Operação Carnaval 2020

GMF 1

Patrulhas da GMF reforçaram a segurança em vários bairros da Capital no Carnaval 

Guarda 2

Diversas armas de fogo foram também apreendidas durante a ação de reforço

Quarenta e uma pessoas foram presas no Carnaval durante operações realizadas pela Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) em diversos bairros da Capital. O trabalho das equipes teve reforço nas áreas de eventos carnavalescos e nos perímetros das torres do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU), em apoio às autoridades estaduais e federais por conta da greve de policiais militares.

Violência "explode" no Carnaval do Ceará e homicídios podem chegar a 200 casos

Crime 800

Os assassinatos ocorreram com números recordes neste Carnaval em todo o Ceará 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deve concluir, nesta Quarta-Feira de Cinzas (26), as estatísticas das ocorrências no Carnaval 2020. O quantitativo de homicídios no estado é recorde e pode ultrapassar a marca de 200 casos, já que até a manhã de ontem (25) esse número já estava em 170, contabilizando nesta contagem os crimes de morte ocorridos na quarta-feira (19) e na quinta (20), no início da greve de policiais militares.

Sem Polícia nas ruas, o Ceará registra mais 15 assassinatos nas últimas 24 horas

José Walter

No Conjunto José Walter, um jovem foi executado, na noite de ontem, na pracinha da 3ª Etapa

Pacajus999

Em Pacajus, um homem foi assassinado a tiros na Rua do Detran, por desconhecidos 

Chorozinho

Em Chorozinho, este homem foi assassinado também na noite desta quinta-feira (20)

 

Subiu para 42 o número de assassinatos no Ceará nas últimas 72 horas, desde a deflagração da greve de policiais e bombeiros militares no Ceará, fato ocorrido na tarde da última terça-feira (18). Somente nas últimas 24 horas, foram registrados 15 assassinatos, sendo seis em Fortaleza, sete na zona metropolitana, além de dois casos no interior.

Violência "explode" no Ceará com a greve da PM e número de assassinatos duplica no estado em dois dias

Greve 10 Greve 90

Na Granja Portugal, dois adolescentes foram assassinados a tiros, na tarde de quarta-feira 

Greve 8

Maria de Paula, 26 anos, foi baleada e morta por assaltantes, ontem à noite, na Água Fria

A deflagração da greve de policiais e bombeiros militares, na tarde da última terça-feira (18), fez “explodir” os índices da criminalidade no Ceará. No intervalo de apenas 48 horas da paralisação dos agentes da Segurança Pública (entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quinta), 28 pessoas foram assassinadas no estado, numa média de 14 homicídios por dia. Entre os mortos estão duas mulheres e dois adolescentes.

Começa a chegar a Fortaleza a tropa de 300 homens da Força Nacional de Segurança

Força 1

A tropa federal vai permanecer 30 dias no Ceará, conforme determinação do ministro Sérgio Moro

Já estão em Fortaleza 50 dos 300 homens da Força Nacional de Segurança (FNS) que deverão permanecer no Ceará pelo prazo mínimo de 30 dias, como reforço para o policiamento enquanto durar a greve de policiais e bombeiros militares. A fração da tropa veio de avião de outros estados e desembarcou por volta de 11 horas no antigo aeroporto Pinto Martins, no bairro Vila União. O contingente embarcou em um ônibus da PM escoltado por viaturas do Comando de Policiamento Especializado de Choque (CPE/Choque) e motocicletas da FNS.

"Ninguém vai ficar de fora. A lei será cumprida em seu total rigor, inclusive as mulheres", disse o secretário André Costa sobre a greve

Secretario 1

André Costa concedeu entrevista coletiva no fim da manhã de hoje para falar da greve dos PMs 

“A lei vai ser aplicada em seu total rigor. Em momento algum o governo vai recuar”. A declaração partiu do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, delegado federal André Costa, no fim da manhã de hoje (19), na primeira entrevista após a deflagração da greve de policiais e bombeiros militares no estado na tarde de ontem (18). Em tom ameaçador, ele afirmou que não apenas os militares, mas as mulheres deles também serão enquadradas em crimes militares, com pena que pode chegar a até 20 anos de prisão.

Greve de policiais militares se espalha também pelo interior e centenas de viaturas estão paradas

Greve 9

Centenas de viaturas estão paradas nos quartéis sem operar nas ruas da Grande Fortaleza 

Nem mesmo as Forças Especiais da Polícia Militar estão escapando da mobilização dos militares em greve. Nas últimas horas, viaturas e motos de batalhões de elite da PM foram cercadas e tiveram seus pneus esvaziados. Em algumas cidades do Interior, mulheres dos grevistas conseguiram entrar nas dependências dos quartéis e também secaram pneus de viaturas do Comando Raio. Em Caucaia, uma patrulha da Cavalaria também foi danificada.