Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Pandemia da violência: Ceará ultrapassa a marca de dois mil homicídios em 2020

Adolescente morto

Jovens e adolescentes são os alvos principais das execuções sumárias ordenadas pelas facções 

Após um fim de semana sangrento, com, ao menos, 41 casos de assassinatos, o estado do Ceará ultrapassou, nesta segunda-feira (8), a marca de dois mil homicídios neste ano.  A guerra de facções criminosas, a disputa de traficantes pelo domínio de área, além dos constantes casos de feminicídios, mortes por intervenção policial e latrocínios (roubos seguidos de morte) elevaram os índices dos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) no território cearense.

Pandemia da bala: violência deixa 41 pessoas mortas em assassinatos no fim de semana

Local 9

Vários crimes mobilizaram a Polícia e Perícia Forense no fim de semana na Grande Fortaleza

Quarenta e uma pessoas foram assassinadas no Ceará entre a última sexta-feira (5) e a noite do domingo (7), o que caracterizou um dos fins de semana mais sangrentos no estado em 2020. De acordo com os registros das autoridades da Segurança Pública, foram registrados neste período nove homicídios e latrocínios em Fortaleza, outros 13 na Região Metropolitana e mais 19 crimes no interior. Entre as 41 pessoas mortas, estão cinco mulheres.  Também foram registrados no fim de semana quatro duplos homicídios e um triplo.

Pandemia da bala: Guerra de facções deixa seis mortas em Fortaleza nas últimas 24 horas

Jangurussu 51 Jangurussu 500

Os irmãos Anderson e Ana Raquel foram fuzilados por bandidos no bairro Sítio São João

Viviane

Viviane, 28 anos, foi assassinada a tiros, na tarde de ontem, no bairro Vila Velha 

Seis pessoas foram mortas nas últimas 24 horas em Fortaleza em consequência da guerra entre facções criminosas. Entre as vítimas da violência estão duas garotas, executadas a tiros nas ruas da Capital. Ao menos, dois confrontos entre bandidos foram também registrados neste intervalo em bairros da zona Oeste da cidade.

Pandemia da violência: Casal de jovens é morto a tiros no Jangurussu, o quarto duplo homicídio no Ceará em 4 dias

Sitio São João 1 Sítio São João 4

Os dois jovens foram fuzilados no começo da tarde desta quinta-feira (4) no meio da rua 

Sítio São João 2

Os criminosos perseguiram e fuzilaram o rapaz e fugiram em um veículo desconhecido

Subiu para quatro o número de casos de duplos homicídios no Ceará em apenas quatro dias do mês de junho. No começo da tarde desta quinta-feira (4), um casal de jovens foi assassinado, a tiros, na zona Sul de Fortaleza. O crime ocorreu no bairro Sítio São João, no Grande Jangurussu. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do 30º DP (São Cristóvão) foram acionadas para atender à ocorrência.

Casal é morto a tiros em Paramoti. Em três dias de junho, Ceará registrou três duplos homicídios

Paramoti duplo

Tiago e Luíza: mortos quando seguiam de moto na estrada do Distrito de Pajeú, em Paramoti

OUTRAS VÍTIMAS DE UPLOS HOMICÍDIOS:

Ibicuitinga mortes

Em Ibicuitinga, o jovem Davi e o pai, Edson, foram assassinados no Distrito de Canindezinho

Acaraú mortos

Em Aroeiras, Distrito de Acaraú, bandidos invadiram uma casa e mataram mãe  e e filho

Em apenas três dias do mês de junho, o Ceará registrou três casos de duplos homicídios, com um caso a cada 24 horas. Na tarde desta quarta-feira (3), um casal foi morto, a tiros, na zona rural do Município de Paramoti (a 92Km de Fortaleza) após sofrer uma emboscada em uma estrada da zona rural. A mulher teria sofrido, ainda, violência sexual antes de ser morta.

Pandemia da violência: facções voltam a praticar crimes cruéis com esquartejamentos

Sobral 2

Em Sobral, foi localizado o corpo de um homem, crivado de balas e com as mãos amarradas

corpo no rio 2 

No Rio Maranguapinho,o cadáver de um homem, esquartejado, foi encontrado ontem à tarde 

Dois crimes brutais, com a marca da crueldade das facções criminosas, foram registrados nas últimas 24 horas no Ceará. Em um deles, a vítima foi esquartejada. No segundo caso, o homem foi assassinado com as mãos amarradas para trás, numa autêntica execução sumária. A Polícia investiga os crimes, mas ainda não há suspeitos da autoria.

Pandemia da bala: em 24 horas, 13 pessoas foram assassinadas no Ceará nesta terça-feira

Acaraú - crime

Mãe e filho foram assassinados, a tiros, dentro de casa no Distrito de Aroeiras, em Acaraú

José Walter crime

Um jovem de 21 anos de idade, foi executado, a tiros, na Avenida L do bairro José Walter

Caucaia - crime

Em Caucaia, um jovem de 21 anos foi assassinado dentro de uma escola pública

Treze pessoas foram mortas no Ceará nas últimas 24 horas, conforme registros das polícias Civil e Militar. Sete crimes de morte ocorreram no interior do estado e os demais na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza. Um duplo homicídio aconteceu na zona Norte do Ceará, quando mãe e filho foram executados, a tiros, dentro de casa, na cidade de Acaraú. Em Lavras da Mangabeira, foi registrado um caso de feminicídio.

Balanço parcial: Pandemia da violência no Ceará deixa 387 mortos em assassinatos no mês de maio

Crimr 5557890

A guerra de facções nas ruas da Grande Fortaleza tem deixado um rastro de muitas mortes

Nada menos que 241 pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza nos 31 dias do mês passado, numa média de um homicídio a cada três horas, conforme um balanço parcial realizado pelo blogdofernandoribeiro.com.br. No interior, foram praticados outros 146 homicídios, totalizando 387 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs) em todo o estado, o que representou uma elevação de 91,5 por cento na comparação com maio de 2019, que registrou 202 casos. Em cinco meses, o Ceará acumulou 1.941 CVLIs.

Tribunal do Crime: Polícia salva dois homens que seriam mortos por bandidos de uma facção

Refém 2 Refém 1

Os dois que estavam sendo torturados e seriam mortos foram resgatados ainda no matagal

Dois homens que haviam sido seqüestrados por integrantes de uma facção criminosa e levados para serem torturados e mortos, na zona Oeste de Fortaleza, foram salvos graças à ação rápida da Polícia Militar. O caso ocorreu na noite desta segunda-feira (1º), no bairro Floresta. As vítimas já estavam sendo espancadas quando foram resgatadas de dentro do terreno baldio que servia como “tribunal do crime”.

Pandemia da bala: Maio termina com 39 mulheres assassinadas no Ceará. No ano, são 153 vítimas

MULHERES ASSASSINADAS NO CEARÁ EM MAIO:                                                                                     Varjota Barreira 3Lyvia

Gisele (Varjota)                           Evelize (Barreira)                      Lívia (Fortaleza/Antônio Bezerra)

Barreira vitoria 2 Lavras Mulher 4

Vitória (Barreira)                        Glória (Lavras da Mangabeira)       Cícera (Juazeiro do Norte) 

Barreira Denise1 Ivina  Vila Uniãp

Denise (Barreira)                          Ivyna (Maranguape)                  Taiana (Fortaleza/Vila União)

Penal Jericoacoara Sobral 1

Ana Paula (Itaitinga)                    Klarice (Jericoacora)                    Maria de Lurdes (Sobral)

Trinta e nove mulheres foram assassinadas no Ceará em maio, acumulando no ano, nada menos, que 153 crimes do gênero. No último fim de semana, mais dois casos do gênero foram registrados pelas autoridades da Segurança Pública. Uma adolescente e uma idosa foram as mais recentes vítimas da violência.

Pandemia da bala: Último fim de semana de maio marcado pela violência com 32 mortos no Ceará

VÍTIMAS DE ASSASSINATOS NO FIM DE SEMANA NO CEARÁ                                                     Acaraú Sobral 1 Sobral 2

Gabriel (Acaraú)                            Lurdes (Sobral)                              Alan (Sobral) 

Jericoacoara Ubajara Lagamar

Klarice (Jericoacoara)                    André (Ubajara)                          Álison (Fortaleza/Lagamar)

Bruno Sobral Kauã - Sobral Russas

Bruno (Sobral)                              Kauã (Sobral)                                Naldo (Russas) 

Trinta e duas pessoas morreram de forma violenta no Ceará durante o último fim de semana do mês de maio de 2020. De acordo com o levantamento feito pelo blogdofernandoribeiro.com nesta segunda-feira (1º), entre a sexta-feira (29) e a madrugada desta segunda (1º), foram registrados 24 casos de assassinatos no estado, além de outras oito mortes em acidentes de trânsito, todos eles envolvendo ocupantes de motocicletas.

Escândalo dos "santinhos": PF faz "Operação Spectrum" em Fortaleza para apurar fraude no fundo eleitoral nas eleições de 2018

Gislani 2

Gislani Maia teve sua residência revistada na manhã de hoje por agentes da Polícia Federal 

Santinho 1

Na época, o caso teve repercussão nos principais jornais e TVs do país 

A Superintendência da Polícia Federal no Ceará deflagrou, no começo da manhã desta segunda-feira (1º), em Fortaleza, a “Operação Spectrum”, que apura possível desvio de recursos do Fundo Eleitoral, repassados para a candidata a deputada estadual Gislani Maia (PSL), nas eleições de 2018, no Ceará.

Moto bate em barreira do "lockdown" e mata guarda municipal e uma mulher em Canindé

Canindé mortos

O guarda municipal e a mulher tiveram morte instantânea ao caírem da moto no choque

Canindé mortes

A moto bateu na barreira montada pela Prefeitura para manter o isolamento social 

Um trágico acidente de trânsito deixou duas pessoas mortas na noite desta sexta-feira (29) no Município de Canindé (a 97Km de Fortaleza). Um casal que trafegava em uma motocicleta acabou se chocando contra uma barreira colocada na estrada para manter o isolamento da comunidade como medida de “lockdown” contra a pandemia do coronavírus.

Dona de casa é morta a tiros em Juazeiro e o Ceará já registra 150 mulheres assassinadas em 2020

Juazeiro 4

Juazeiro do Norte: o corpo da mulher morta  a tiros ficou dentro do carro de aplicativo 

Mulher morta em Caucaia 1

Em Caucaia, uma catadora de reciclagem foi morta a tiros na madrugada de ontem

Ivina

Em Maranguape, a jovem Ívina foi assassinada dentro de casa por desconhecidos

Mais uma mulher é assassinada no Ceará, totalizando 150 vítimas de crimes do gênero no Ceará em apenas cinco meses de 2020. O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (28) na cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (a 528Km de Fortaleza). As suspeitas são de um crime de feminicídio, segundo a Polícia.

EXCLUSIVO: "Eles não estão abrindo os cadáveres", denuncia promotora sobre falta de equipamentos para legistas da Pefoce realizarem as necropsias

Uma gravíssima denúncia atinge em cheio a Segurança Pública do Estado do Ceará. Em um vídeo postado nas redes sociais, a promotora de Justiça, Fernanda Marinho, revelou que a Perícia Forense do Estado do Ceará está elaborando laudos inconclusos nos casos de exames em corpos de vítimas da violência, especialmente nos casos de assassinatos e acidentes. Por falta de equipamentos de proteção individual (EPIs), os médicos legistas e auxiliares não estão abrindo os cadáveres para a realização de exames internos (necropsia). "Eles não estão abrindo os cadáveres", denuncia.

Pandemia da bala: em 48 horas, mais duas mulheres foram assassinadas a tiros na Grande Fortaleza

Ivina morta 2

Jovem Ivina, 18 anos, foi assassinada a tiros, na noite de ontem, em Maranguape

Subiu para 148 o número de mulheres assassinadas no Ceará. Nas últimas 48 horas, mais dois crimes do gênero foram registrados na Grande Fortaleza. Uma das vítimas era uma garota de 18 anos, morta a tiros, dentro de casa, no Município de Maranguape, na Região Metropolitana da Capital. O segundo caso ocorreu em Fortaleza, no bairro Ancuri, na Grande Messejana.