Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2018

4.293 em 17/11/2018  

Primeiro semestre de 2015 termina com 2.100 assassinatos no Ceará

Homicídio 3

O primeiro semestre de 2015 termina hoje com estatísticas  ainda altíssimas e nada animadoras na Segurança Pública do Ceará. Nada menos, que 2.100 pessoas foram assassinadas em apenas seis meses, uma média de 350 casos por mês, ou 11,6 por dia.

Na Capital, na Grande Fortaleza e no Interior do Estado, o quantitativo de homicídios assusta a população e tem deixado um permanente rastro de sangue e lágrimas. Some-se a isto, a dor de centenas de família e o sentimento de impunidade que atinge a população.

Conforme levantamento realizado pelo blogdofernandoribeiro,com.br, baseado  no acompanhamento diário de todos os casos de assassinatos no Estado,  somente no mês de junho, já são 310 homicídios, a maioria deles, na Grande Fortaleza, 212.

No Interior do Estado, já são 98 casos, com o registro de vários assassinatos múltiplos, isto é, com mais de uma pessoa morta.

Chacina

Conforme o levantamento realizado nesta terça-feira pelo blogdofernandoribeiro.com.br, entre o dia 1º de  janeiro até hoje (30/6), o Ceará já contabiliza 45 casos de múltiplos assassinatos, sendo 38 duplos homicídios (com 76 mortos), cinco triplos homicídios (com 15 mortos), um quádruplo homicídio (quatro vítimas) e uma chacina com sêxtuplo assassinato (seis mortos), totalizado 101 vítimas.

O caso mais grave ocorreu no Interior. Foi no distrito de Aprazível, no Município de Sobral, na Zona Norte do Estado, onde, na noite do dia 14, foram mortas as seguintes pessoas: Aureliano da Silva Ribeiro, 21 anos; Benedito Gomes da Silva, 39; Geovane Nascimento da Silva, 19; Antônia Emily Farias da Silva, 15; Maria de Jesus Farias, 53; e Patrícia Farias da Silva, 30.

Policiais

Também neste período de seis meses, seis policiais militares (três militares e três civis) foram assassinados, sendo a maioria, cinco, vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Foram os PMs Samuel Rodrigues Tabosa (soldado), Selbiano Freire Barroso (soldado) e Douglas dos Santos Silva (neosoldado). Já a Polícia Civil perdeu três inspetores: Tony Ítalo Lima Pinheiro, Antônio Márcio Rios de Sousa e Maria Gorete de Oliveira.

Ainda está sob investigação o caso do soldado Douglas, que estava na Polícia Militar há apenas quatro meses. No início da madrugada do último dia 25, ele foi emboscado e morto com vários tiros na comunidade Parque Santana, no bairro Mondubim (zona Sul da Capital).

Crianças e adolescentes

 Do começo do ano até agora, 207 adolescentes e cinco crianças foram vítimas de assassinatos no Ceará, conforme levantamento feito pelo blog.

O quantitativo de adolescentes mortos neste ano no Ceará, mensalmente, apresentou os seguintes números: janeiro (48), fevereiro (32), março (38), abril (29), maio (37) e junho (23).

Cinco crianças também morreram vítimas da adolescência, com as seguintes idades:  1 ano, 3 anos, 5 anos, 8 anos e 9 anos. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar