Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

PANDEMIA DA BALA: chacina na madrugada deixa quatro mortos na guerra de facções em Maranguape

Casa 

A chacina ocorreu durante a madrugada nesta casa na Área Seca, bairro Novo Maranguape 

ATENÇÃO!!!!  CENAS FORTES (CORPOS DAS VÍTIMAS) 

Chacina Area 66Seca                 

MORTE 5Chacina 4mORTE 3hacina 1

Os quatro homens foram executados com tiros na cabeça quando dormiam na casa 

Maranguape mulher morta

Horas antes da chacina, esta jovem, Érika Dayane Nascimento, 26, também foi morta

Quatro homens foram assassinados na madrugada desta quinta-feira (13), em mais um capítulo da guerra entre facções criminosas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A chacina ocorreu em Maranguape, município que vem sendo abalado com uma sequência de execuções sumárias que já deixou 14 mortos em apenas duas semanas de maio.

O crime ocorreu por volta de 4 horas, quando criminosos fortemente armados invadiram uma residência localizada na Rua Vera Cláudia, na comunidade conhecida por Área Seca, bairro Novo Maranguape. As vítimas dormiam quando foram surpreendidas pelos criminosos. Os assassinos derrubaram as portas da casa e foram logo disparando tiros de pistola e de espingardas de calibre 12 (escopetas) nas cabeças das vítimas ainda no chão.

De acordo com os primeiros levantamentos feitos pela Polícia, os quatro homens mortos foram identificados apenas como sendo os irmãos Nardilan e Nardiey, e dois amigos deles, identificados por Rodrigo e Henrique.

Outra informação da Polícia revela que nenhum dos quatro homens mortos possuía antecedentes criminais.

Após a matança, os atiradores teriam fugido em um carro de placas não identificadas, deixando para trás muitas cápsulas de balas, que foram recolhidas pela equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e serão analisadas através de exames de balística.

Outro crime

Horas antes da chacina, uma mulher também foi assassinada em Maranguape. A vítima, identificada como Érika Dayane Araújo do Nascimento, 26 anos, foi fuzilada na porta de casa, na localidade de Ucucará, local onde houve outro homicídio no último dia 9, tendo como vítima um jovem identificado por Diego. Diante disso, a Polícia tenta saber se há ligações entre os crimes anteriores e a chacina da madrugada de hoje. 

Mortes em sequência

Desde o começo do mês, vários assassinatos já foram registrados em Maranguape por conta da guerra travada entre os criminosos de facções. Veja a seguir, a lista dos mortos em maio:

01 (02/5) – Vítima não identificada (sexo masculino (bala) – Localidade Trapiá

02 (02/5) – Vítima identificada por Claudiane (bala) – Localidade Trapiá

03 (06/5) – Josué Ramos de Almeida, 19 (bala) – Rua Nilo Campelo/Novo Parque Iracema

04 (06/5) – Vitória Tatyra Aragão da Silva, 14 (bala) – R Nilo Campelo/Novo Parque Iracema

05 (07/5) – Vítima identificada por Darlyane (bala) – R. Afrânio Mendes Costa/Novo Parque Iracema

06 (09/5) – Vítima identificada por Diego (bala) – Rua Alberto Lopes/Loc. Urucará

07 (11/5) – Vítima identificada apenas por Leandro (bala) – Rua Santa Efigênia/Pq. São João

08 (11/5) – Vítima identificada por Antônia J. (bala) – Rua Santa Efigênia/Parque São João

09 (13/5) – Érika Dayane Araújo Nascimento, 26 (bala) – Localidade Ucurará

10 (14/5) – Vítima identificada por Rodrigo (bala) – Área Seca/Bairro Novo Maranguape

11 (14/5) – Vítima identificada por Nardiey (bala) – Área Seca/Bairro Novo Maranguape

12 (14/5) – Vítima identificada por Nardilan (bala) – Área Seca/Bairro Novo Maranguape

13 (14/5) – Vítima identificada por Henrique (bala) – Área Seca/Bairro Novo Maranguape

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar