Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Prefeito Roberto Cláudio anuncia medidas para conter a infestação do coronavírus em Fortaleza

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, usou as redes sociais na manhã deste sábado (21), para anunciar uma série de medidas que estão sendo tomadas pelo Município para conter a proliferação do contágio do novo Corona Vírus. O gestor também falou sobre seu estado de saúde após ter sido confirmado que ele foi infectado pela doença. Tranquilizou a população e os amigos e agradeceu o empenho dos profissionais de saúde de uma rede de amigos que se formou para atuar no combate ao vírus em Fortaleza.

Uma das principais medidas anunciadas pelo prefeito será o início de uma grande campanha de vacinação contra a gripe que começa na próxima segunda-feira (23). Para as pessoas com idade igual ou acima de 80 anos, a vacinação será domiciliar. Para as faixas etárias abaixo dos 80, será montada uma grande rede de locais de vacinação para evitar aglomerações. Além dos postos de saúde, dezenas de pontos de vacinação serão instalados na cidade, alcançando até 100 locais para a aplicação da vacina.

Outra medida que o prefeito Roberto Cláudio fez questão de ressaltar em sua live no facebook é relacionada à nutrição dos alunos da rede pública municipal de ensino. A partir da próxima semana, a Prefeitura fará a distribuição de kits de alimentos para os 230 mil alunos das escolas municipais de Fortaleza.

Roberto Cláudio falou também sobre o aparato que está sendo montado na rede pública de Saúde do Município para conter a contaminação entre a população e o atendimento às pessoas que contraírem a doença. No Instituto Doutor José Frota Dois (IJF 2) será montada uma grande estrutura com leitos de UTI. Vinte e quatro salas de recuperação serão transformadas em leitos de UTI, já que foram suspensas as cirurgias eletivas. Até maio, a capacidade de internação em UTIs pode chegar a 175 leitos.

Já o Hospital Leonardo da Vinci, sediado no bairro Aldeota, contará com cerca de 200 leitos de UTI, numa parceria da Prefeitura de Fortaleza com o Governo do Estado.

Em relação ao transporte urbano de Fortaleza, o gestor falou dos transtornos ocorridos na manhã da última sexta-feira (20), quando ônibus e terminais ficaram superlotados. Para ele, a superlotação decorreu do fato de muita gente não ter tido conhecimento do decretado do governador Camilo Santana de suspender o funcionamento do comércio no estado, e muitas pessoas retornaram para casa, gerando uma aglomeração nos terminais com pessoas embarcando de volta para seus lares e outras chegando para seguir para o local de trabalho.

Segundo o prefeito, a distorção foi logo corrigida e já no fim da tarde e começo da noite da sexta-feira o problema não mais foi registrado. De acordo com ele, o sistema já está preparado para evitar a repetição do problema nos dias que se seguirão com a vigência do estado de emergência no estado.

Apelo

Em boa parte do seu pronunciamento em sua página no face, Roberto Cláudio pediu – por várias vezes – que os fortalezenses permaneçam em suas casas neste fim de semana e nos dias restantes em que durar o estado de emergência. Equipes com carro de som estarão percorrendo as praias e outros locais fazendo uma pelo para as pessoas retornarem para suas residências. Equipes de fiscalização foram montadas para percorrer toda a Capital e conscientizar a população, comerciantes e empresários da necessidade de se manterem com em casa e com os estabelecimentos fechados, obedecendo, assim, a medida de isolamento social e evitar o contágio do novo corona vírus.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar