Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

2.157 em 19/06/2020

Violência causada pela greve de PMs já deixou 351 mortos no Ceará neste mês de fevereiro

Veja imagens da matança na Grande Fortaleza (CENAS FORTES) 

José Walter Carlito Pamplona morto

Conjunto José Walter                                               Bairro Carlito Pamplona 

Outro morto 4 Outro morto 2

Messejana                                                                  Genibaú

Caucaia morto 1 Pacajus morto

Caucaia                                                                         Pacajus 

Pacajus Pirambu

Pacajus                                                                     Pirambu 

Novinha Maranguape 2 Outro morto

Maranguape                                                             Serrinha 

Maranguape 500 Jaçanau

Maranguape                                                               Maracanaú

Subiu para 42 o número de pessoas mortas no Ceará nas últimas 48 horas, no intervalo entre o começo da madrugada de Quarta-Feira de Cinzas (27) até o início da madrugada desta sexta-feira (28). No acumulado desde mês, com a greve dos policiais militares, o estado já registra 351 assassinatos. No ano, o número de homicídios, latrocínios, feminicídios e lesões corporais seguidas de morte atinge a marca recorde de 614 mortos.

Nesta quinta-feira (27), o Ceará registrou 22 assassinatos, sendo 11 em Fortaleza, nos seguintes bairros: Parque Araxá (3), Lagoa Redonda/Curió, Quintino Cunha, Pirambu, Parangaba, Sapiranga-Coité, Couto Fernandes, Papicu e Álvaro Weyne.

Na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram registrados oito crimes nos seguintes Municípios: Maranguape (3), Pacajus (2), Caucaia (2), e Itaitinga.

No interior do estado a violência apresentou uma redução comparada aos dias anteriores e foram oficialmente registrados nesta quinta-feira (27), apenas três assassinatos, sendo dois em Juazeiro do Norte (ambos no bairro João Cabral) e outro em Limoeiro do Norte.

Baleados e mortos

Em Fortaleza foi registrada na tarde de ontem uma tentativa de chacina no bairro Parque Araxá. Quatro homens armados, ocupando duas motocicletas, foram até a comunidade conhecida como Carandiru e atiraram nas pessoas que estavam nas ruas e proximidades de um pequeno bar. Oito moradores foram atingidos pelos tiros e três acabaram morrendo quando eram atendidos na Emergência do Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro). A identificação dos mortos não foi revelada.

No bairro Parangaba, um homem foi linchado por populares nas proximidades do Terminal de Passageiros. A Polícia registrou o caso como sendo um “arrastão”. Um dos bandidos fugiu e outro foi perseguido e alcançado por populares, sendo espancado severamente. Em estado gravíssimo ele foi levado por uma equipe do Samu ao “Frotinha” do bairro, onde morreu.

Três pessoas foram mortas no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), nas últimas 24 horas, sendo duas mulheres e um homem. Na comunidade conhecida por Área Seca, foi encontrado o o corpo de uma adolescente identificada apenas por Ana Vitória, que foi seqüestrada por bandidos de uma facção e morta a tiros. Em seguida, os assassinos decapitaram a garota.

Antes, um homem identificado por Augusto, foi baleado e morreu no hospital. Em seguida, uma mulher identificada por Girlane Firmino foi baleada e morta durante um assalto, o que caracterizou um caso de latrocínio (roubo seguido de morte).

Em Pacajus, também na RMF, dois assassinatos aconteceram nesta quinta-feira (27). No fim da manhã, um homem foi executado a tiros no bairro Cruz das Almas, sendo identificado por Marciney Félix Martins. Cerca de três horas depois, um jovem identificado apenas por Kevin, foi também executado a tiros, no bairro Lagoa Seca.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar