Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2020

1.986 em 5/06/2020

Assassino e chefe de facção, Darlan "Dentes de Ouro" continua sendo caçado pela Polícia em Caucaia

Pança Darlan Caucaua Silas Ferreira de Aquino

Hedelvan Barbosa, o "Pança"    Darlan Batista, o "Dentes de Ouro"   Silas Aquino, o "Silas"

Darlan Alban Batista Guerra, o “Dentes de Ouro”, apontado como de altíssima periculosidade, assassino frio e traficante de drogas, comanda o braço de uma facção criminosa que já matou mais de 40 pessoas em Caucaia. Atualmente, é um dos bandidos mais procurados no Ceará. Na tarde de ontem, teria escapado de um cerco policial no QG de sua quadrilha, montado em um sítio no Distrito de Genipabu.

Com ligações interestaduais, Darlan tem desafiado as autoridades da Segurança Pública e se tornou um dos principais chefes de facção ainda em liberdade no Ceará. Nesta semana, ele sofreu duas importantes “baixas” em seu grupo criminoso e nos seus negócios do tráfico de drogas. Seu principal comparsa, identificado por Heldervan Barbosa do Nascimento, 19 anos, o “Pança”, foi capturado num cerco de policiais militares do 12º BPM (Caucaia) e do Regimento de Polícia Montada (RepMont), em Caucaia. O bandido foi detido com quatro adolescentes, todos armados, no bairro Padre Júlio Maria.

Nesta quinta-feira (30), os “negócios” do criminoso sofreram um grande prejuízo. A Polícia cercou o sítio onde o bando havia se instalado, no Genipabu, e apreendeu um carregamento de drogas que totalizou 183,7 quilos de maconha prensada oriunda do Mato Grosso do Sul. A carga está avaliada em cerca de R$ 600 mil. A operação foi realizada por policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam).

Quadrilha

Darlan “trabalha” para outro traficante já conhecido das autoridades da Segurança Pública do Ceará. Trata-se do bandido identificado por Silas Ferreira de Aquino, que em 2016 foi capturado e chegou a ser enviado a uma penitenciária de segurança máxima, em Mato Grosso. Silas é pai de Kildare William Cavalcante Rebouças, que também foi preso em Caucaia recentemente, representando mais uma “baixa” na quadrilha de Darlan.

Conhecido por gostar de ostentar luxo, Darlan continua sendo procurado em Caucaia e outros Municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar