Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará em 2019

2.220 em 6/12/2019  

Corpo de transexual cearense morto em São Paulo será enterrado hoje em Fortaleza

Viado morto em SP

Larissa morava no Jardim Iracema, em Fortaleza, e seguiu para São Paulo, onde acabou assassinada, a pauladas,  no fim de semana passado

Um homem suspeito de ter assassinado a transexual cearense Larissa Rodrigues da Silva, 21 anos, se apresentou à Polícia no começo da noite desta segunda-feira. A apresentação do suspeito foi negociada pelo advogado do acusado e a Polícia paulista. O crime ocorreu no último fim de semana e o corpo de Larissa será sepultado hoje em Fortaleza.

A família do transexual mora no bairro Jardim Iracema, na zona Oeste de Fortaleza, e providenciou para que o corpo fosse trazido para esta Capital. Uma irmã de Larissa fez um apelo para que a Polícia não deixasse o caso cair na impunidade. Lembrou que há quatro anos ela havia se mudado para São Paulo em busca de uma melhoria financeira para a família.

Pauladas

A transexual foi morta a pauladas por volta das 21h10 de sábado (4) na Alameda dos Tacaúnas, Zona Sul de São Paulo. O caso foi registrado pelo 27º Distrito Policial como homicídio.

O suspeito fugiu logo após o crime, mas na tarde desta segunda-feira decidiu se apresentar as autoridades, temendo ser preso ou reconhecido na rua, já que as cenas do assassinato foram filmadas por uma câmera. A transexual foi agredida a pauladas. Os motivos do assassinato ainda não foram esclarecidos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar