Levando a sério o jornalismo 24 horas por dia.

Homicidômetro - Assassinatos no Ceará 2018

2.391

Atualizado em 22/6/2018  

Violência sem fim: assassinatos de mulheres no Ceará dobram em seis meses de 2018

 Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

Modelo assassinada 1

Em maio, uma jovem foi morta a tiros, em mais um crime de latrocínio nas ruas de Fortaleza

O número é assustador. Em apenas seis meses (incompletos) de 2018, nada menos que 234 mulheres já foram assassinadas no Ceará. Em comparação com igual período do ano passado, a elevação nos índices de homicídios comuns, latrocínios (roubos seguidos de morte) e casos de feminicídios já atinge mais de 100 por cento. Entre as causas para esse aumento, segundo especialistas, o envolvimento cada vez mais crescente de mulheres, especialmente, jovens e adolescentes, no mundo do crime nas drogas. Some-se a isso, os casos passionais e as mortes provocadas pela guerra entre facções criminosas. Somente no mês de janeiro foram 56 mulheres assassinadas no estado.

MATANÇA QUE NÃO ACABA

Nos meses seguintes, o ritmo da matança continuou. Em fevereiro foram 42 vítimas. Em março, 46. Em abril, mais 33 mortes. Em maio, no mês das Mães e das Noivas, foram 35 mulheres assassinadas no estado. Já em junho, entre os dias 1º e 20, já foram contabilizados 22 crimes. Entre as vítimas de junho, estão oito mulheres mortas no intervalo de apenas três dias, no fim de semana passado. As histórias de cada crime são terríveis. Em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), um exemplo disso. Uma jovem de apenas 18 anos, foi executada, a tiros, quando amamentava seu filho, um bebê de poucas semanas de vida. Já em Tauá, a vítima foi uma idosa de 91 anos de idade, morta covardemente a pauladas pelo próprio bisneto, que exigia da bisavó dinheiro para comprar drogas. Neste último caso, o autor do crime já está preso. No primeiro, o fato ainda é investigado. Em ambos, no entanto, a marca da crueldade e da violência.

A MORTE DAS IRMÃS

Na guerra travada entre as facções criminosas, jovens garotas são arrastadas para as estatísticas criminais. Neste ano, cerca de 30 adolescentes (meninas com idades entre 12 e 17 anos) foram mortas por conta da rivalidade dessas quadrilhas. O primeiro assassinato registrado neste ano em Fortaleza aconteceu nos primeiros minutos do dia 1º de janeiro e teve como vítimas duas irmãs, ambas adolescentes (idades de 15 e 16 anos). Elas foram as primeiras vítimas femininas dessa guerra declarada entre criminosos ligados ao tráfico de drogas. Na Avenida Major Assis, no bairro Vila Velha, as irmãs Gabriela e Erilane Lima Costa tombaram com vários tiros. Aquilo era o prenúncio de que o ano seria marcado pela extrema violência contra as mulheres no Ceará. Após o duplo homicídio que vitimou as irmãs adolescentes, outras 342 mulheres foram também executadas. Algumas de forma cruel e horripilante, com cenas de decapitação ou esquartejamento. Muitos desses crimes ainda aguardam esclarecimento, com identificação e prisão dos algozes.

TORRES CONTRA O CRIME

Está firmada a parceria entre o governo do Ceará e a Prefeitura. Até outubro, serão erguidas 12 Torres de Segurança em Fortaleza. Duas delas já estão em funcionamento, embora que na fase de teste. São as do Jangurussu (inaugurada no dia 28 de fevereiro) e a da comunidade Goiabeiras, na Barra do Ceará (entregue pelas autoridades na última terça-feira, dia 19). Já em construção está a Torre do bairro Vila Velha. Em seguida, virão as dos bairros Canindezinho e Edson Queiroz (comunidade do Dendê). Para o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), essa é uma experiência nova e que trará segurança para as comunidades mais atingidas pela violência. Já o “comandante” e criador do Programa Municipal de Proteção Urbana, vice-prefeito Moroni Torgan, o projeto foi concebido a partir do conhecimento de experiências no mesmo sentido e que tiveram êxito em várias cidades por ele visitadas, como Cali, Juarez e Medellin, na Colômbia; Nova Iorque e Chicago, nos Estados Unidos; e em Israel, onde Moroni teve contato com autoridades que lidam com situações mais belicosas, como a resistência e repressão ao terrorismo.

FRONTEIRAS DE CAMILO

Camilo Santana (PT), governador do estado, bate na mesma tecla. Para ele, os estados brasileiros estão sofrendo com a violência por conta do descumprimento de um preceito constitucional. Pare ele a vigilância das fronteiras brasileiras, de responsabilidade do governo federal (através das Forças Armadas e da Polícia Federal), tem sido falha e permitido a entrada no Brasil de drogas. “Não fabricamos cocaína nem maconha. Cocaína vem da Colômbia e da Bolívia. Maconha vem do Paraguai. Essas drogas entram no Brasil e acabaram chegando nas mãos dessas facções, que são as grandes responsáveis pelos altos índices de homicídios nos estados”, afirma. Na solenidade de inauguração da Torre de Segurança na comunidade Goiabeiras, Camilo Santana voltou ao assunto no seu discurso e mais uma vez criticou o governo federal pela inoperância na vigilância das fronteiras brasileiras.

SAÚDE MENTAL DA TROPA

Entre os anos de 2011 e 2016, nada menos que 23.626 policiais militares entraram em Licença Para Tratamento de Saúde (LTS) no âmbito da Polícia Militar do Ceará. Em média, foram 3 mil licenças por ano, num universo de aproximadamente 16 mil homens. O número é considerado muito alto pelos especialistas. E grande parte de tais licenças médicas diz respeito a problemas psicológicos. A carga de estresse dos homens que estão nas ruas para defender a sociedade é grande. Há casos na tropa em que policiais estão afastados das funções há mais de seis anos. Atualmente, cinco psicólogos atuam na PM cearense para dar assistência necessária ao contingente. É pouco. Pensando nisso, o Comando e a própria Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) estão em busca de convênios e parcerias para disponibilizar mais especialistas e tornar mais efetiva a assistência psicossocial na Corporação.

GUERREIRAS DE PRIMEIRA LINHA

Terminou no fim de semana passado o Primeiro Curso Tático Policial Feminino. De 24 policiais civis, militares e federais e peritas inscritas inicialmente para a jornada de treinamentos, apenas 13 chegaram ao fim das atividades e concluíram o curso, sendo seis da Polícia Militar (PM), quatro da Polícia Civil (PC), duas da Polícia Federal (PF) e uma da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). As “Athenas”, como foram batizadas, agora formam um grupo especial de mulheres devidamente treinadas para situações policiais de altíssimo risco. Durante um mês de treinamentos, elas passaram por aulas de combate em ambiente confinado, controle de distúrbios civis, direção veicular (de emergência), sobrevivência policial, operações aéreas, e até rapel tático policial. Suportaram uma carga de 122 horas/aulas e “muito acocho”, como se diz no linguajar policial. Agora, estão aptas para enfrentar o crime. Bem preparadas mesmo.

E TEM MAIS!!!

* Começou na comunidade Goiabeiras o atendimento à população que busca a prestação de serviços sociais, como expedição de carteira de identidade, cursos profissionalizantes, encaminhamento para tratamento antidrogas e mediação de conflitos, entre outros. Faz parte do PMPU.

* A Justiça poderá disponibilizar para o aparato da Segurança Pública do Ceará o helicóptero utilizado pela facção criminosa PCC na morte de dois chefões da quadrilha, em Aquiraz. A aeronave, portanto, deixaria de servir ao crime para atuar como instrumento no combate à violência e para salvar vidas.

* Depois de anos e anos de abandono, finalmente, o Quartel da Polícia Militar situado na Praça José Bonifácio, no Centro, está sendo reformado. Ali funcionam o Comando do Policiamento da Capital (CPC), o Comando de Policiamento Especializado (CPE), dentre outros órgãos da corporação.

* Controladoria Geral de Disciplina está abarrotada de serviço. Nos últimos dois meses aumentou a demanda de inquéritos e sindicâncias instauradas para apurar supostos crimes, irregularidades funcionais e desvios de conduta de agentes da Segurança Pública cearense.

* Missa de 7º Dia na Igreja da Glória, na Cidade dos Funcionários, realizada na última segunda-feira (18), lembrou a morte da vendedora e administradora de empresas Gisele Távora Araújo, 42 anos, que morreu em decorrência de um tiro disparado por um policial militar durante uma abordagem.

* Delegacias distritais e da Região Metropolitana estão caindo aos pedaços. Em algumas delas, os policiais comemoram o fim do período de chuvas, pois as unidades inundam quando cai um toró. Muitas aguardam reforma há anos.

* Dizem que a Força-Tarefa enviada ao Ceará pelo governo federal está trabalhando silenciosamente e que o resultado desse trabalho vai “derrubar” muita gente poderosa. O trabalho de investigação diz respeito às facções e ao crime organizado. Quem viver, verá!

* E A PERGUNTA DO DIA: É verdade que vem por aí um escândalo nacional sobre desperdício milionário de dinheiro público na compra de equipamentos para a Segurança Pública do Ceará???

Controladoria investiga três casos de mortes de inocentes em abordagens da PM

CGD hoje

Os casos são investigados em sigilo pela Delegacia de Assuntos Internos (DAI)

A Delegacia de Assuntos Internos da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário do Ceará (DAI/CGD) investiga, ao menos, três casos de episódios de ações desastrosas da Polícia Militar, fatos ocorridos nos últimos dois meses e que resultaram na morte de três pessoas, entre elas, uma criança. Os investigadores aguardam da Perícia Forense laudos conclusivos sobre dois dos três casos. O terceiro episódio já está praticamente esclarecido e aponta       PMs como responsáveis pela morte de uma criança.

Assassinatos de detentos em cadeias e presídios cearenses aumentam 400 por cento em 2018

Chacina em Itapajé 2

Em janeiro, uma chacina deixou 10 presos mortos na Cadeia Pública de Itapajé

O número de detentos assassinados no Sistema Penitenciário cearense já apresenta aumento da ordem de 400 por cento no Ceará neste primeiro semestre de 2018, em comparação ao mesmo período do ano passado. . A “guerra” travada entre as facções criminosas tem sido a responsável pelas constantes execuções sumárias de presos nas cadeias públicas, presídios e penitenciárias locais.

Secretário diz que aumento de mortes em ações da Polícia no Ceará "acontece com qualquer Polícia do mundo"

Costa Costa

André Costa diz que a população cobra abordagens policiais nas ruas

Aqui e ali isso ocorre, e o resultado não é o esperado. Mas isto acontece com qualquer Polícia do mundo”. A declaração foi dada pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, delegado federal André Costa, ao ser questionado sobre o aumento do número de pessoas mortas em abordagens da Polícia cearense.

Bandidos incendeiam quatro ônibus do transporte escolar na onda de terror na cidade de Icó

Icó CV

Os quatro veículos foram destruídos em um incêndio criminoso na madrugada desta quinta-feira

Três ônibus e um microônibus do transporte escolar público da cidade de Icó (a 375Km de Fortaleza) foram incendiados, na madrugada desta quinta-feira (21), no pátio da Companhia de Serviço de Água e Esgoto (SAAE) onde estavam estacionados. O atentado deu sequência a uma onda de terror que vem abalando a população daquele Município. Bandidos que se dizem integrantes de uma facção criminosa vêm ameaçando comerciantes e autoridades locais para impor o domínio na venda de drogas na região.

Operação em Senador Pompeu prende suspeitos de facções envolvidos em tráfico de drogas e assassinatos

Gaza 1

Vários suspeitos já vinham sendo investigados por envolvimento em mortes e tráfico na cidade

Uma operação policial batizada de “Faixa de Gaza” resultou na prisão de vários bandidos suspeitos de integrar facções criminosas que agiam em Municípios do Sertão Central do Ceará. Ao menos, 19 pessoas foram presas no Município de Senador Pompeu, incluindo mulheres, que estavam de posse de armas de fogo, munições, drogas e outros objetos de uso ilícito.

Polícia caça detentos após fuga em massa na penitenciária regional de Sobral nesta terça-feira

PIRC hoje

Alguns presos foram recapturados ainda ontem, após a descoberta da fuga pelo túnel FOTO: site miséria

A Polícia continua em diligências na tentativa de recapturar parte dos 20 detentos que conseguiram escapar da Penitenciária Industrial Regional do Cariri (PIRC), na cidade de Juazeiro do Norte, na Região Sul do estado (a 528Km de Fortaleza), na tarde desta terça-feira (19). Ao menos, 11 deles já teriam sido recapturados segundo informações ainda não confirmadas pelas autoridades policiais e da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus).

Fortaleza ganhará até outubro 12 Torres de Segurança Estratégica

PMPU - Goiabeiras 5

As torres serão montadas estrategicamente nas entradas e saídas da Capital

PMPU - GOiabeiras 4

Moroni, Roberto Cláudio e Camilo Santana assinaram o termo de parceria Governo/Prefeitura

PMPU - Goaibeiras 2

A Torre das Goiabeiras é a segunda inaugurada na Capital nas áreas de maior violência

Até o mês de outubro próximo Fortaleza contará com um cinturão de segurança estratégica formada por 12 torres blindadas que vão monitorar as entradas e saídas da Capital, além de bairros onde os índices da violência ainda preocupam.

Ministério Público quer investigação da CGD sobre saída irregular de presos do Presídio Militar

Presídio Militar

Segundo o Ministério Pùblico, um PM preso saiu o presídio ilegalmente 

O Ministério Público Estadual (MPE), através da 13ª Promotoria de Justiça Criminal de Fortaleza, requereu da Controladoria Geral de Disciplina nos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD) a abertura de investigação para apurar suposta irregularidade praticada pela direção do Presídio Militar, em Fortaleza.  Segundo o MP, um policial preso naquela unidade por ordem judicial teria saído irregularmente daquela unidade carcerária para resolver problemas pessoais.

Jovem preso confessa que matou a avó de 91 anos por ela não lhe dar dinheiro para comprar drogas

Pica- Pau de Tauá

Mateus Ferreira da Silva, 18 anos, o "Pica-Pau", matou a avõ com pauladas na cabeça

"Matei porque ela não me ajudava”. A declaração é do jovem de 18 anos que foi preso nesta segunda-feira (18), no interior do Ceará e confessou ter assassinado sua bisavó, de 91 anos. O crime aconteceu na cidade de Tauá, na Região dos Inhamuns (a 337Km de Fortaleza). O assassino confesso foi autuado em flagrante delito e, por razões de segurança, deverá ser transferido para a Capital. O crime chocou a população daquele Município.

Ministério Público pede condenação para policiais presos com carro roubado e clonado

Algemados

Os três policiais haviam sido presos em 2015 por agentes da Controladoria Geral de Disciplina (CGD)

O Ministério Público Estadual (MPE), através da 13ª Promotoria de Justiça Criminal de Fortaleza, encaminhou à Justiça pedido de condenação judicial e perda do cargo, além de prisão, para dois policiais militares e um policial civil. Os três servidores são acusados de vários crimes como receptação, uso de documento falso, adulteração de sinal de veículo automotor, formação de quadrilha e outros delitos.

Fim de semana violento com 48 pessoas assassinadas no Ceará, entre elas, sete mulheres

Saco 7 mãe Saco 6 mãe Saco 5

Cláudia e a filha Letícia, foram achadas mortas no bairro João XXII. Thalyta: morta em Horizonte

Quarenta e oito pessoas foram assassinadas no Ceará no fim de semana. Entre a sexta-feira (15) e o domingo (17), 23 pessoas foram mortas Grande Fortaleza, sendo 12 na Capital e outras 11 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Já o interior do estado foi ainda mais violento, com o registro de 25 homicídios, sendo 17 na Região Sul e outros oito na Região Norte. Entre as vítimas da criminalidade estão sete mulheres, incluindo uma idosa de 91 anos e uma adolescente de 12.

Moradoras de rua acabam esfaqueadas durante briga por uma "quentinha" em plena Beira-Mar

Moradora de rua 1

A agressora ficou ferida no braço e foi levada pela Polícia para a UPA da Praia do Futuro

Moradora de rua 2

A outra agressora ficou gravemente ferida e foi encaminhada por uma equipe do Samu para o IJ

A briga por um prato de comida quase termina em morte durante uma bvriga entre duas mulheres, moradoras de rua, em pleno cartão portal de Fortaleza: a avenida beira-Mar. O fato ocorreu na madrugada desta sexta-feira(15), quando as duas mulheres entraram em luyta corporal, ambas armadas com facas, segundo a Polícia Militar.

Fortaleza vai ganhar um "Cinturão de Segurança" com suas entradas sendo vigiadas 24 horas pela Guarda Municipal e PM

 Intermitente piscandoIntermitente piscando Intermitente piscando

SIRENE ABERTA   

Fernando Ribeiro

Torre do PMPU

Sete torres de segurança funcionarão 24 horas num trabalho de parceria da PM e Guarda Municipal 

Essa é de primeira: a ideia deu certo e vai ser expandida. Na próxima terça-feira (19), o governador do estado, Camilo Santana (PT); e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), vão anunciar, juntos, a ampliação do número de Torres de Segurança na Capital. A Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) já construiu sozinha duas (nos bairros Jangurussu e Barra do Ceará) e vai erguer mais três (na Vila Velha, Canindezinho e Edson Queiroz), totalizando cinco. Já o governo do estado, gostou da ideia, viu os bons resultados do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU), sob a batuta do vice-prefeito de Fortaleza, Moroni Torgan; e quer compartilhar do plano. Vai erguer sete torres nas sete entradas (e saídas) de Fortaleza. Serão erguidas na CE-10 (na Sabiaguaba), CE-040 (Messejana), BR-116 (bairro Tancredo Neves), CE-060 (Mondubim), CE-065 (Canindezinho), BR-222 (Antônio Bezerra) e CE-090 (Barra do Ceará). Assim, as torres ou Células de Proteção, formarão um verdadeiro cinturão de combate e prevenção ao crime. Finalmente, a cidade terá as portas fechadas para a bandidagem. Viva!!!

FORMAÇÃO EM XEQUE

A morte da pedagoga Gisele Távora de Araújo, 42 anos, na última terça-feira (12) marcou o noticiário policial desta semana e trouxe à tona, novamente, a discussão sobre o nível de formação dos nossos policiais. Durante uma abordagem desastrosa, Gisele foi atingida com um tiro disparado por um soldado recém-formado na Academia Estadual da Segurança Pública do Estado do Ceará (Aesp). Trata-se de um recruta, que como milhares de neo-soldados, estão agora nas ruas engrossando as fileiras da Polícia Militar. Em ano eleitoral, e com um governador que deseja ser reeleito, o prato favorito da campanha será a Segurança Pública, e quanto mais policiais militares nas ruas, melhor para a imagem do gestor. Certo? Errado. Mais do que quantidade, é preciso qualidade. A morte de Gisele põe em xeque o nível de formação dos novos PMs. O “abacaxi” agora está nas mãos da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário, a quem caberá dizer o que fazer com o PM que matou a cidadã.

DINHEIRO PARA A POLÍCIA

E finalmente o país terá seu Sistema Único de Segurança Pública (SUSP). Os estados receberão verbas federais ao logo dos próximos 10 anos. A lei foi sancionada. Resta agora cada estado fazer a sua parte para poder ter liberado o recurso. O ministro Raul Jungmann, porém, já deu o recado. E foi curto e grosso: será cobrado o cumprimento de metas. E mais, os estados terão que repassar ao governo federais dados atualizados e reais da violência. O mapeamento será padronizado. Não poderá haver maquiagem nas estatísticas. Quem não se adequar não receberá os recursos. E será muito dinheiro a ser distribuído para os investimentos no setor, desde a compra de viaturas, armamentos, munição, viaturas e outros, até a realização de constantes cursos de formação e aperfeiçoamento de policiais, bombeiros, delegados, peritos, investigadores, escrivães e outros cargos.

QUADRILHAS EXPLOSIVAS

Em menos de seis meses completos, o Ceará já registrou oito casos de ataques a carros-fortes. A bandidagem não está para brincadeira neste tipo de delito. Os criminosos usam armas de grosso calibre (como fuzis, carabinas, metralhadoras, submetralhadoras e escopetas), além de muito explosivo. Neste primeiro semestre, foram registrados ataques a blindados nos seguintes Municípios cearenses: Fortaleza/Capital, Mombaça, São Luís do Curu (duas vezes), Santa Quitéria. Varjota e Chorozinho. Milhões de reais já foram roubados e foram parar nos bolsos de chefes de quadrilhas. Os artefatos usados na destruição dos blindados chegam facilmente nas mãos dos delinqüentes, mostrando a fragilidade do sistema de fiscalização na estocagem, distribuição e venda do material. Cabe ao Exército Brasileiro esta tarefa. Para a Polícia, o dever de ir atrás dos ladrões e suas armas.

MÁFIA DO SEGURO

A “Máfia” do DPVAT não pára. O Ceará é um dos campeões neste tipo de delito. Quadrilhas agem em praticamente todo o interior. Muita gente já foi identificada e presa, mas acabou solta pela Justiça e voltou a agir. Segundo dados da seguradora que controla o pagamento do seguro, em 10 anos, houve um aumento da ordem de 158 por cento no nos valores pagos em indenizações por acidente de trânsito no Ceará. Neste período, nada menos que 23.051 óbitos foram registrados com o pagamento do seguro para os beneficiários e destes, 86 por cento foram por conta de sinistros envolvendo motocicletas. Foram pagas 318 mil indenizações. Somente no ano passado, o valor pago chegou a R$ 122,4 milhões. A Polícia conseguiu neste intervalo desmantelar várias quadrilhas, composta, em sua maioria, por médicos, policiais, advogados e corretores, além de agenciadores e “laranjas”.

PCC NO CEARÁ

O número de bandidos ligados à facção PCC no Ceará supera o efetivo da Polícia Civil cearense. Segundo dados divulgados pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. Nos presídios do Ceará, nada menos que, 2.500 detentos se declararam fazer parte desta organização criminosa. Somem-se a eles, outros milhares que estão soltos, foragidos da Justiça ou que nunca foram presos. Portanto, o Ceará é o terceiro estado com maior quantidade de membros do PCC no País (são exatos 2.582 membros). Atrás das grades e fora delas também. Esse exército de marginais não pára de atuar. Mesmo estando nas cadeias, as lideranças da facção continuam comandando seus “soldados”, que praticam roubos a bancos, carros-fortes, traficam drogas, realizam seqüestros, roubos de cargas, além, é claro, assassinatos. E também é o Ceará um dos estados prediletos para a “lavagem” do dinheiro.

E TEM MAIS!!!

* Em menos de uma semana, a Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da Controladoria Geral de Disciplina (CGD) lavrou vários flagrantes contra agentes da Segurança Pública. Na sexta-feira (8), um tenente e um soldado da PM foram presos por extorsão. No sábado (9) um delegado da Polícia Civil foi flagranteado por desacatar PMs e agredir civis. E na última quarta-feira (13), três sargentos da PM também foram apanhados recebendo propina.

* Família da pedagoga Gisele Távora Araújo, que foi morta por um PM, decidiu doar os órgãos dela. A informação foi confirmada pela equipe médica do IJF-Centro, que atendeu a paciente e que fez de tudo faz na tentativa de salvá-la da morte. Gesto de nobreza e meio a ao desespero.

* Antes de junho acabar o governo vai entregar à Polícia Civil e à PM mais uma leva de novas viaturas. Os carros já estão sendo adesivados por uma empresa, em Messejana. São veículos alugados a maioria, Jeeps Renegade. Veículos caros para policiais com salários pífios.

* Finalmente, na próxima terça-feira (19) a comunidade das Goiabeiras vai receber de forma definitiva os serviços da Célula de Proteção Urbana, do Programa Municipal de Proteção Urbana (PMPU). Há meses a população aguardava, ansiosa, o início da ação contra a violência.

* Conforme o Tribunal de Justiça do Ceará, 126 processos que apuram a autoria de assassinatos estão prontos para entrarem na pauta de julgamento, sendo 25 deles em Fortaleza. O TJ quer dar celeridade ao julgamento dos réus acusados de homicídios.

* Casos de crianças lesionadas por disparos de armas de fogo já não são mais fatos isolados nos hospitais e UPAs de Fortaleza e da Região Metropolitana. A meninada virou alvo fácil dos criminosos nos bolsões da criminalidade, assim como as mulheres.

E A PERGUNTA DO DIA: Quando a Polícia vai prender os ladrões que estão furtando os fios elétricos que ligam os semáforos na Avenida 13 de Maio, deixando-os sem funcionar???

 

Represália: bandidos de facção atacam Fórum de Pacajus após a prisão de parte da quadrilha

Pacajus Forum 3

Bandidos fugiram deixando as marcas da facção: pichações nas paredes dos corredores e salas

Bandidos fortemente armados invadiram, na madrugada desta sexta-feira (15), o Fórum da cidade de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza/RMF (a 49Km da Capital), em busca de armas, munição e drogas apreendidas nos processos criminais em tramitação naquela Comarca. Os criminosos renderam os vigilantes, que foram amarrados e ameaçados de morte. O bando revirou cartórios e salas de juízes e promotores e pichou as paredes interndas e externas do prédio com a sigla e números em referência à facção Guardiões do Estado (GDE).

Mais 11 crimes registrados nas últimas 24 horas levam o Ceará a atingir a marca de 2.285 homicídios em 2018

Itapajé morte 

Em Itapajé, um motoqueiro caiu numa emboscada e foi executado a tiros na noite de quarta-feira

Onze pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 24 horas, conforme registros das delegacias plantonistas da Polícia Civil e das unidades operacionais da PM em todo o estado. Foram registrados três crimes de morte na Capital, cinco na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e mais três homicídios em cidades do interior. Com isso, o Ceará atinge nesta quinta-feira (14), a marca de 2.285 assassinatos neste ano.